Menu

17 de fevereiro de 2011

Hey darling, I hope you're good tonight (parte VI)

Para acompanhar as outras partes, clique em: Parte I,Parte IIParte IIIParte IV, Parte V.


     Pude ouvir as vozes ao longe. Parece que o rapaz da balada não estava satisfeito por ter apanhado e por não ter ficado com a Mari. Ela olhou para mim com aquela carinha de "Por favor, não vá lá e comece tudo de novo!" . Resolvi acatar o pedido que seus olhos me faziam. Demos a volta pelo quarteirão até chegar na portaria do prédio. Entramos, subimos. Chegando no quinto andar, ela virou-se e caminhou para a porta de seu apartamento. Como ela podia fazer isso? Será que ela havia se ofendido por causa do beijo?
     - Mariana, onde você vai?
     - Para meu apartamento, oras. - dizia ela, e uma interrogação nascia em sua face.
     - De jeito nenhum, venha para o meu esta noite. Você dorme no quarto e eu na sala. Estou com medo de que esse cara venha atrás de você.
     - Eu estarei bem no meu apartamento, pode dormir sossegado Rodrigo. - disse, virando as costas e abrindo a porta.
     - Tudo bem, mas pode vir para cá a qualquer hora. A porta estará aberta.
     Ela não respondeu. Apenas fechou e trancou a porta na minha cara.
     Fique esperto meu leitor, pois agora começa a reviravolta na história de amor que nascia. Vocês irão se surpreender, creio eu. 
     Tenho um velho costume de dormir apenas com peças íntimas. Não gosto de nada pressionando meu corpo durante o sono. Já passavam das cinco da manhã. Um pesadelo rondava meus sonhos. O rapas da balada vinha e raptava Mariana, levando-a para longe. Eu gritava e gritava, mas ninguém podia ouvir meu apelo. Foi então que uma mão, delicadamente, passou por meus cabelos e sussurrou:
     - Calma, está tudo bem, foi apenas um pesadelo Rodrigo.
     Abri os olhos e lá estava ela. De camisola branca. Linda. Não, perfeita. Parecia um anjo. Um sonho. Só podia ser isso. Esfreguei os olhos, fechei-os. Mas não. Ela não saia de minhas vistas. Não era um sonho, muito menos uma miragem ou ilusão. Ela estava ali mesmo. Sentada em minha cama.
     - Aconteceu alguma coisa Mariana? 
     - Não. É que não conseguia dormir e acabei ouvindo seus gritos, pensei que pudesse ter acontecido algo.
     - Está tudo bem, foi apenas um pesadelo. Se quiser ficar aqui, eu vou para a sala.
     - Não diga besteiras. - e me beijou. 
     O quarto ficou de repente quente demais. Nossos corpos se entrelaçaram por várias vezes. Éramos um só, até o êxtase, o ápice chegar para ambos. Caímos desfalecidos. Nunca pude imaginar este outro lado dela. Nunca havia demonstrado, nem por um segundo, que havia algo tão selvagem por dentro.
     Ela estava aninhada ao meu peito quando o telefone toca. 

28 comentários:

  1. Estou gostando muito dessa história. Continuarei a esperar pelas próximas partes para saber onde isso vai dar.
    Um beijo. ^^

    ResponderExcluir
  2. um dos melhores que jáá li .. espero pela continuação .. parabééns !!!! =*

    ResponderExcluir
  3. gostei mesmo , vou começar a ler os outros depois !
    parabéns belo belo texto :}
    http://suummerlove.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. PaMas que talento hein? Já tinha lido a pt1, daí li o restante. Ansiosa pela continuação! :D Beijo :*

    ResponderExcluir
  5. Que otima maneira de matar seus leitores, não é mesmo? Poxa, por que não parar num momento que pode mudar tudo? Pois é, ninguém vai ligar! KKKKKKKKK [A] NÃO FAZ ISSO, PELO AMOR DE DEUS.

    Eu preciso da continuação! CADÊ?
    AMANDO DEMAIS.

    Beijinhos :*

    ResponderExcluir
  6. Hum, me surpreendi. Tá esquentando rs. Curiosa pela próxima parte. Demorou pra vir essa ein .
    ah, que bom que conseguiu por os seguidores *-*
    Bgs pam :*

    ResponderExcluir
  7. Amei o layout do seu blog e adorei o conto também. Achei super romance combinado com a vida real.

    ResponderExcluir
  8. E veremos como esta 'saga" irá terminar... Ainda mais, quem será no telefone? *u*

    ResponderExcluir
  9. Ok, me fez ler o começo e agora estou curiosa u.u cadê? Rs.

    Você escreve muito bem mesmo.

    ResponderExcluir
  10. TÁ LINDO O LAYOUT,tudo.
    E essa parte hein. MUUITO quente, ahsuahs, mas fiquei curiosa com o telefonema, como sempre, ficando cada vez mais ansiosa :X
    Gostando muito Pamela. *-*
    até

    ResponderExcluir
  11. Espero a outra parte da história. Gostei. E seu blog tá muito lindo, parabéns.
    beijos, linda.

    ResponderExcluir
  12. Amor, tem selinhos para ti em meu blog.

    Com amor,
    Cynthia *

    ResponderExcluir
  13. Está o máximo a história (:

    ResponderExcluir
  14. Só li essa parte até agora, mas assim que der vou ler a história desde o inicio, porque só essa parte eu já adorei (:
    Lindo seu blog amor, se cuida, beijs :**

    ResponderExcluir
  15. Você mata sim, ok? Não é justo terminar o capitulo logo nessa parte. Entrei aqui agora pra comentar e me deu dor no coração quando não vi a nova parte no lugar dessa. NÃO FAÇA ISSO, É MALDADE! Quero mais.

    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  16. Selinho pra você *-*
    Visita lá no meu blog!!
    Adoreei teu texto, meeeu!! *-*
    http://umamor-demenina.blogspot.com/p/selos.html

    ResponderExcluir
  17. Minha querida não canso de falar que seus textos são ótimos
    http://suummerlove.blogspot.com/
    http://suummerlove.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Caraca, que mistério! E quem será ao telefone?
    Nossa, Pamela, estás a escrever uma bela história
    e eu estou amando. Espero ansiosa pela próxima parte.
    E fico feliz que tenhas gostado do selinho,
    ah também espero que estejas curtindo "Uma história de amor".
    Logo menos irei postar a próxima parte.

    Beijos e continuas. up up **

    ResponderExcluir
  19. Juro que estou com medo de quem será que está telefonando. A história é mt boa. *-*

    ResponderExcluir
  20. Tem selo para você no meu blog. Depois passe lá para buscar.

    http://omundosobomeuolhar.blogspot.com/2011/02/concurso-nacional-de-cronicas-e-poesias.html

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Consegui terminar *---* Muito incrivel cara, gostei de verdade do jeito que você termina os posts, deixando mistério. Eu nao ia conseguir, sinto pena dos leitores, HSUASHAUSHSUH .

    beijs, queremos mais viu? :***

    ResponderExcluir
  22. eu gostei... ta fofo!!! bjo... amo vc

    ResponderExcluir
  23. retribuindo *-*
    Nossa, faz um tempinho que eu não venho aqui e as mudanças que você fez ficaram perfeitas, seu blog tá mto lindo (:
    bjo ;*

    ResponderExcluir
  24. uaaaaaaaaaaaal, qe história mais viciaaaaaaaaaaante!
    Quero a continuação, pelo amor de Deus! rs..
    Vou ser obrigada a favoritar seu blog aqi, rs..
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  25. Awn que bom que gostou do meu texto *-*
    <3

    ResponderExcluir
  26. Eu não me canso de ler essa história.
    É realmente muito boa,me vicia aoieoae.
    Quero mais *----------------*

    ResponderExcluir
  27. iiih rapá, o bixo tá pegando aqui, rs

    ResponderExcluir

Críticas e elogios são sempre bem-vindos. Entrou? Leu? Então deixa um recado para mostrar que esteve mesmo por aqui! E volte sempre :)