Menu

3 de janeiro de 2011

Meu amado Amigo Imaginário.

São Paulo, três de janeiro de dois mil e onze.

  Bom dia Fred,

   Faz um tempo que você não aparece por aqui. Sinto tanta falta de quando me vias dormir, sentado na beirada da cama, velando meu sono e afastando de mim os sonhos ruins e os seres extraordinários que só aparecem no calar da noite.
   Pois é, acho que cresci demais e você teve que partir em busca de outras crianças que precisavam de ajuda tanto quanto um dia eu precisei.7 anos. Nunca havia pensado que o momento de me tornar uma moça seria tão decisivo para nós. Foi a última vez que seus olhos pousaram sobre os meus. Fez-se silêncio, e você partiu sem nem ao menos dizer-me adeus.
  Achei o endereço da Convenção de Amigos Imaginários entre papéis de carta, adesivos, fotos e lembranças daquela época. Não sei se você ainda o freqüenta, mas não custa nadar tentar, não é mesmo?
   Desculpe pelas vezes que não pude estar perto de você. Pode ter certeza que o queria, mas não foi possível. Espero de todo coração que estejas bem, divertindo seu novo protegido, assim como fizeste comigo.
    Aaah, e se puder, faça uma visita de vez em quando. Tenho dezenove anos, mas a mesma alma daquela época.

                Com saudades, 
sua menininha.


                         
Texto escrito especialmente para a 25ª EDIÇÃO CARTAS - AMIGO IMAGINÁRIO , do Projeto Bloínquês.




19 comentários:

  1. Que lindo! *-*
    Isso é verdade??!!*--*

    ResponderExcluir
  2. Aawn, eu tinha (ou ainda tenho?) um amigo imaginário. O nome dele era lucas rs. Acho que toda criança tem um né? Faz bem :B
    Bgs :*

    ResponderExcluir
  3. ahahha gostei!!! ahahhaha

    eu vi antes de td mundo lalalala... bjs

    ResponderExcluir
  4. hahaha, nem se achou agora. <33

    ResponderExcluir
  5. adorei seu blog da uma passada no meu depois se quizer ok http://lolamantovani.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Tá certinho sim, agora é só esperar a nota do moderador que for avaliar. :D

    ResponderExcluir
  7. De nada. Também tenho um amiguinho desses :]

    ResponderExcluir
  8. ahh, com certeza adoreii!! *--*
    deve ser mto legal ter um amigo assim *--*
    parabéns pelo texto!

    ResponderExcluir
  9. Nunca tive um amigo imaginário, sempre achei demasiado complexo haha mas o texto é ótimo :)

    ResponderExcluir
  10. Adorei a carta, linda mesmo.
    "Tenho dezenove anos, mas a mesma alma daquela época". Me encaixei perfeitamente em sua frase ^^

    Parabéns, espero que vença ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Linda carta!

    Boa sorte no concurso.

    Abraço!

    ResponderExcluir
  12. Olá!!!

    Eu estava passeando pela blogosfera e encontrei seu blog.. Adorei e já estou te seguindo! Quando tiver um tempinho visita o meu também!

    http://meimeipvh.blogspot.com/

    @meimeipvh

    ResponderExcluir
  13. Lindíssimo.
    Uma pureza digna daqueles que ainda guardam em si a criança que outrora foram!

    Seguindo :)

    ResponderExcluir

Críticas e elogios são sempre bem-vindos. Entrou? Leu? Então deixa um recado para mostrar que esteve mesmo por aqui! E volte sempre :)